Arquivo do mês: julho 2009

reajmix4

Deixe um comentário

30/07/2009 · 5:40 PM

Pérolas de sabedoria.

Conhecer-te, oh conhecedor de mim, conhecer-te tal como sou por ti conhecido. 

Santo Agostinho.

Deixe um comentário

Arquivado em pérolas de sabedoria, reflexão

Feridas e curas da vida.

Provérbios de Salomão nos convidam a “entender o nosso próprio caminho” (Pv 14.8) e “estar atentos para os nossos passos” (Pv 14.15). De fato, a maturidade provém da capacidade de compreender a nossa história e integrar as peças esparsas do quebra-cabeça que é a nossa existência para enxergar o quadro completo. As experiências marcantes da nossa vida precisam ser consideradas com reverência para encontrar o seu sentido mais profundo e aprender com elas. Tempo e atenção são necessários se queremos evitar a superficialidade. Fomos criados à imagem de Deus, que é Luz. Assim, quanto mais nos aproximamos dele numa atitude contemplativa, mais enxergamos a nossa própria realidade. O olhar amoroso de Deus nos permite superar o medo da rejeição e tirar as nossas máscaras para reconhecer tanto a nossa luz quanto a nossa sombra. Percebemos nossos limites, feridas, mecanismos de defesa e incoerências, mas também nossa aspiração por amor, alegria e paz, nossa capacidade criativa e relacional, nossa busca de sentido existencial.

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, cotidiano, graça, jesus, leitura recomendada, reflexão, vida cristã

Genes Gays ???

Em anos recentes, vários estudos têm se auto-intitulado ao redor do mundo como “provas” de que a homossexualidade é congênita. Em Agosto de 1991, Simon LeVay publicou, na revista Science, o seu estudo sobre as diferenças no cérebro entre homens homossexuais e heterossexuais. O estudo tinha diversas fraquezas gritantes. Ele foi baseado num pequeno grupo de 35 homens, com 19 homossexuais que tinham morrido de AIDS, um fator que pode ter influenciado os resultados. Os outros 16 homens eram “assumidos ser na maior parte ou totalmente heterossexuais”, disse o estudo. Anne Fausto-Sterling, Professor de Ciência Médica na Universidade Brown, comentou na revista Time: “Meus estudantes de biologia novatos sabem o suficiente para dissipar este estudo”.

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em apologética, artigos, citações, estudos diversos, heresias, leitura recomendada, manifesto, reflexão

Pérolas de sabedoria.

Na bruxa mais malévola encontramos humanidade !, e num santo mais reluzente encontramos perversão !.

 

Caio Fábio.

Deixe um comentário

Arquivado em pérolas de sabedoria, reflexão

Amor pela Biblia Sagrada.

Sempre agradecemos a Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vocês, pois temos ouvido falar da fé que vocês têm em Cristo Jesus e do amor que têm por todos os santos, por causa da esperança que lhes está reservada nos céus, a respeito da qual vocês ouviram por meio da palavra da verdade, o evangelho que chegou até vocês. Por todo o mundo este evangelho vai frutificando e crescendo, como também ocorre entre vocês, desde o dia em que o ouviram e entenderam a graça de Deus em toda a sua verdade. Vocês o aprenderam de Epafras, nosso amado cooperador, fiel ministro de Cristo para conosco, que também nos falou do amor que vocês têm no Espírito. (Colossenses 1:3-8, NVI).

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, bíblia, reflexão, vida cristã

Tenho Saudades !.

“… e pela sua oração por vós, tendo de vós saudades, por causa da excelente graça de Deus que em vós há. Graças a Deus, pois, pelo seu dom inefável”. 2 Coríntios 9.14-15. O dicionário Aurélio define saudade como: “Lembrança nostálgica e, ao mesmo tempo, suave, de pessoas ou coisa distante ou extinta”. Faz parte de nossa estrutura humana acalentar, vez por outra, esse sentimento. Hoje estou saudosista. E você? Aliás, quem nunca esteve assim que atire a primeira pedra. Portanto… Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, citações, cotidiano, leitura recomendada, manifesto, reflexão

As culpas e desculpas pra Deus.

Deus não necessita de defensores. Ele não precisa de nada para justificar

seus atos soberanos neste mundo. Ele é o Criador, o Formador e o Moldador. É o Todo-Poderoso. Por ser todo-poderoso, Deus detém controle absoluto de tudo o que criou. Nada do que ele faz pode ser injusto todos os seus atos são retos. Inexiste lei capaz de considerá-lo injusto, por ser ele o legislador. Ele declarou o fim desde o princípio, e tem realizado, realizou e continuará a realizar toda a sua vontade (Is 46.10). Tudo o que acontece neste mundo ocorre apenas porque assim o decretou o Senhor, de acordo com seu beneplácito. Quem reverencia o direito soberano do Senhor, e sua capacidade, de reger toda a criação como lhe apraz não vê necessidade de defender esta proposição. Todavia, existem alguns que afirmam se regozijar na soberania divina absoluta e, no entanto, sentem a necessidade de defendê-lo e justificá-lo perante o mundo.O Senhor é soberano na salvação. Antes da fundação do mundo, ele elegeu alguns para a salvação e outros para a condenação apenas porque lhe aprouve (Rm 9.11), não por alguma coisa boa ou má prevista. Alguns religiosos modernos não vêem razão para defender o que consideram “bom”, como a eleição soberana em Cristo. Porém, ainda que apreciem da boca para fora a eleição para a salvação, muitas vezes tentam justificar o decreto divino concernente à reprovação, ou simplesmente o negam de forma absoluta. Por que os homens são condenados ao inferno? A resposta óbvia a esta pergunta é apresentada na Palavra divina: porque o Senhor o determinou segundo sua vontade. Não há necessidade de justificar a resposta! É verdade que os homens são pecadores e merecem a condenação eterna. Mas por que eles são pecadores? Por que eles foram feitos pecadores? Não foi pelo fato de aprazer ao Senhor ser glorificado mediante a reprovação desses homens? Esta não é uma pergunta difícil de responder, e qualquer tentativa de amenizá-la equivale a desonrar o Criador em seu governo soberano sobre tudo o que existe. Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra ? E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição; para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou, os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios? (Rm 9.21-24 ).

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, reflexão

Salvação não se perde !.

Todos que passam por uma fase da aplicação da redenção, experimentarão também a fase seguinte. Por exemplo, todos a quem Deus predestinou, ele também intimará à salvação no devido tempo. Agora, Romanos 8:30 diz: “Aos que justificou, também glorificou”. Essa declaração necessariamente implica que todos os que experimentam a justificação também experimentarão a glorificação; ninguém que é justificado falhará em ser glorificado. Visto que a glorificação se refere à consumação da obra salvadora de Deus no eleito, isso significa que uma vez que um indivíduo tenha sido justificado aos olhos de Deus, sua justiça legal nunca será perdida. Visto que todos aqueles que são justificados também serão glorificados, os verdadeiros cristãos nunca perderão sua salvação.

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em apologética, artigos, bíblia, estudos diversos, graça, jesus, reflexão, salvação, teologia, vida cristã

Só Princípios Eternos e nada mais !.

Só a Escritura é a regra inerrante da vida da igreja, mas a igreja evangélica atual fez separação entre a Escritura e sua função oficial. Na prática, a igreja é guiada, por vezes demais, pela cultura. Técnicas terapêuticas, estratégias de marketing, e o ritmo do mundo de entretenimento muitas vezes tem mais voz naquilo que a igreja quer, em como funciona, e no que oferece, do que a Palavra de Deus. Os pastores negligenciam a supervisão do culto, que lhes compete, inclusive o conteúdo doutrinário da música. À medida que a autoridade bíblica foi abandonada na prática, que suas verdades se enfraqueceram na consciência cristã, e que suas doutrinas perderam sua proeminência, a igreja foi cada vez mais esvaziada de sua integridade, autoridade moral e discernimento.

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em apologética, artigos, bíblia, doutrinas, igreja, jesus, leitura recomendada, Martinho Lutero, protestante, reflexão, salvação, teologia, vida cristã