Arquivo do mês: março 2009

O velho assunto de sempre: a instituição religiosa

Uma instituição mesmo quando leve, não deixa de ser SÓLIDA – ou seja, zeladora da cultura (no caso em questão: religiosa) o que acaba por deixar disponível o mesmo caminho convencional, com outra aparência, com outro conjunto de idéias, com outros nomes, com menos ou mais ilusões, mas ainda o mesmo caminho convencional a ser percorrido.

O Gracioso Evangelho é instituído de forma íntima – dentro de nós (sem visível aparência), logo entendo que enquanto existir o mesmo cerimonial existirá a mesma institucionalização.

Como um movimento pode ser revolucionário em favor do Evangelho se ainda permanece pendurado no ritual?

Sim, o mesmo ritual de sempre é reproduzido, com outra cara, mas ainda o mesmo ritual. O circo ainda é o mesmo de sempre, as pessoas ainda são culturalmente viciadas nos ritos. Acostumadas às mesmas formas de culto e reuniões, a irem a algum lugar – como único modo de congregar, a darem os seus discursos públicos e assim por diante.

Eis a Matemática: quanto mais ritual religioso, mais cultura religiosa e por fim, mais necessidade de institucionalização reguladora. É um círculo vicioso!

Que ninguém me venha dizer que qualquer invencionice leve pendurada na tradição do rito pode trazer A revolução do Evangelho.

Eu entendo que é preciso pegar OUTRO libertário caminho NÃO convencional.

O que para mim corresponde a uma vida simples em Cristo, sem rodeios, sem platéia, sem ritos – a não ser os íntimos, à margem da pujança da instituição religiosa (leve ou pesada).

Quem for corajoso que experimente!

AMÉM.

PELLEGRINI – Pellegrino / Peregrinus
“Sou peregrino na terra” Salmo 119.19a”

Deixe um comentário

Arquivado em Mauro Pellegrini, reflexão

A esquecida teologia feminina.

Você já prestou atenção ao fato de que sempre falamos da situação do “homem”, que Deus tem um plano para o “homem”, que o “homem” tem se direcionado para aqui ou ali, que a história do “homem” no mundo é isso ou aquilo etc? Da mesma maneira, quando falamos de Deus, o tratamos sempre como a figura parental do Pai, e nunca como Mãe. É fato que a linguagem bíblica está permeada pela linguagem masculina, e isso se manifesta nas igrejas, ao reproduzirmos essa linguagem sem nenhum cuidado ou precaução nos sermões, louvores e estudos bíblicos. Deus é sempre “Ele”, “Senhor”, “Rei”, “Principe”, “Homem de guerra”, “Pai da Eternidade”. Neste sentido, a linguagem feminina nunca é usada, e a mulher não existe enquanto gênero teológico-literário-lingüístico. A mulher está sempre subentendida, incluída como mensagem secundária, adicionada, escondida, incluída em menções nunca feitas..

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em citações, estudos diversos, história, manifesto, teologia, vida cristã

Dramas de Corinto: o filme reprisado de hoje !.

Apesar de ser uma igreja que se via como espiritual (1 Coríntios 3.1) e de ser voltada para a busca de dons carismáticos (1 Coríntios 12.31; 14.1; 14.12), a igreja de Corinto estava na iminência de dividir-se em pelo menos quatro pedaços. Paulo, ao escrever-lhes, menciona que tem conhecimento de quatro grupos dentro da comunidade que ameaçavam a sua unidade: os de Paulo, os de Pedro, os de Apolo e os de Cristo (1 Coríntios 1.11-12). A igreja de Corinto, com seu espírito faccioso e divisionista, a despeito de sua pretensa espiritualidade, ficou na história como um alerta às igrejas cristãs de todo o mundo, registrado na carta que Paulo lhes escreveu.

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, estudos diversos, igreja, modismos evangélicos, neopentecostal, vida cristã

Pérolas de sabedoria.

Poucas coisas testam mais profundamente a espiritualidade de uma pessoa do que a maneira como ela usa o dinheiro, pois a verdadeira medida de nossa riqueza, está em quanto valeríamos se perdêssemos todo nosso dinheiro.

Por isso, quando tenho um pouco de dinheiro, livro-me dele tão logo seja possível, para que ele não encontre o caminho do meu coração.

 

John Wesley.

Deixe um comentário

Arquivado em pérolas de sabedoria, reflexão

Terapias tiram crentes da Igreja ?.

Uma das perguntas que mais tenho de responder é: “Por que muitas pessoas quando começam a fazer terapia deixam de ir à igreja?”. Para responder a esta questão, o melhor é descrever, pelo menos um pouco, o que é psicoterapia no prisma eclesiástico. A psicoterapia tem como uma de suas propostas ajudar a pessoa a assumir sua própria vida, fazer suas escolhas e se responsabilizar por aquilo que escolheu e suas conseqüências.

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, estudos diversos, reflexão, vida cristã

Discernindo vulnerabilidades no Corpo.

A condição humana é uma condição de vulnerabilidade, a despeito de qualquer camada social ou credo religioso que professem. Durante toda a nossa existência, mesmo sem consciência desta realidade, somos expostos independente de nossa vontade ou escolha, a uma série de situações, experiências, vivências e condições de maior ou menor risco, com variados danos e ameaças à nossa vida e ao nosso bem estar.

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, citações, cotidiano, estudos diversos, manifesto, protestante, reflexão, teologia

Preconceito !: Um dos pecados cinicamente ocultos na Igreja.

Se perguntarmos às pessoas sobre o que acham da Igreja evangélica, é claro que ouviremos várias opiniões a respeito. O fato é que existem alguns problemas que não são percebidos de forma tão aparente. Quanto a isso, podemos citar o desastroso envolvimento político, as jogadas denominacionais, o tratamento diferenciado para com os pobres e o que não se pode deixar de ressaltar é o racismo existente nos grupos.

 

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, citações, cotidiano, igreja, manifesto, protestante, reflexão, vida cristã

Cegueira espiritual – Dr. Russel Shedd.

Você não me conhece Filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê o Pai. Como você pode dizer: Mostra-nos o Pai ? (Jo 14.9). É de conhecimento comum que os descrentes sofrem de uma cegueira espiritual induzida pelo “deus deste mundo” (2Co 4.4). Mas essas palavras de Jesus revelam a possibilidade de estar com Cristo sem conhecê-lo. Deve ser comparável ao galho na Videira (Cristo) que não produz fruto; conseqüentemente, sofre a desgraça da remoção e ser lançado no fogo..

 

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, bíblia, C. S. Lewis, estudos diversos, protestante, reflexão, vida cristã

Monólogo Satânico: obra dramatúrgica adaptada.

O Caminho Cristão traz uma obra que vale e pena investir alguns minutos na leitura e na meditação desse texto que é de elaboração alegórica, para aqueles que querem se aprimorar ainda mais na ciência satânica de como gerir situações e modos de vida, pois afinal, “..quem estiver sujo, suje-se mais ainda..” – porém aos símplices e limpos de coração na Justiça, usem o antônimo nos termos e formas percebidos nesta refexão e “..limpe-se mais ainda..”, pois o tempo está proximo !. ( texto parafraseado ) ; Boa leitura !..

 

 

 

Continue lendo

Deixe um comentário

Arquivado em apologética, artigos, citações, cotidiano, heresias, leitura recomendada, manifesto, reflexão

Pérolas de sabedoria.

O amor cristão não é vítima de nossas emoções, mas servo de nossa vontade.

 

John Stott.

Deixe um comentário

Arquivado em pérolas de sabedoria, reflexão