Carnaval: o desfile vai depender da fantasia da alma

Os debates religiosos são intermináveis, porém carnaval brasileiro é apenas um festejo popular e cada um brinca a seu modo, de acordo com seu costume. O desfile vai, portanto, depender da fantasia da alma de cada um.

Lembrando que quando o espírito é santo se garante no Espírito Santo e a alma conhece muito bem a sua fronteira.

Boa Notícia:

“Podemos sorrir, nada mais nos impede

Não dá pra fugir dessa coisa de pele

Sentida por nós, desatando os nó

Sabemos agora, nem tudo que é bom vem de fora

É a nossa canção pelas ruas e bares

Nos traz a razão, relembrando Palmares

Foi bom insistir, compor e ouvir.

Resiste quem pode à força dos nossos pagodes

E o samba se faz, prisioneiro pacato dos nossos tantãs

E um banjo liberta da garganta do povo as suas emoções

Alimentando muito mais a cabeça de um compositor

Eterno reduto de paz, nascente das várias feições do amor

Arte popular do nosso chão…

É o povo que produz o show e assina a direção

Arte popular do nosso chão…

É o povo que produz o show e assina a direção”

Coisa de Pele: Jorge Aragão

Pr. Mauro

PELLEGRINI -  Pellegrino / Peregrinus

Indo passar o “carnaval” no Rio de Janeiro… Lá para mim, a vida vai se resumir a um calção de banho e um chinelo de dedo (risos).

About these ads

Deixe um comentário

Arquivado em Mauro Pellegrini, reflexão

Os comentários estão desativados.